sábado, 20 de janeiro de 2018

PROFESSORA VALDENICE JOSÉ RAIMUNDO ASSUME A NOVA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DA UNICAP



O ano de 2018 começa com novidades na administração superior da Universidade Católica de Pernambuco com a criação de duas novas pró-reitorias. Além da Administrativa e da Comunitária, a Unicap agora passa a ter a Pró-reitoria de Graduação e Extensão e a Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação.
“A antiga Pró-reitoria Acadêmica deu lugar a essas duas novas. Por um lado, tivemos o crescimento e consolidação da pós e, por outro, a necessidade de mudança na graduação articulada com a extensão, segundo os novos desafios e metas do Plano Nacional de Educação (PNE)”, ressaltou o Reitor da Unicap, Prof. Dr. Padre Pedro Rubens, ao explicar as novidades. Ele também salientou o crescimento da graduação com a criação de doze cursos nos últimos dez anos, incluindo Medicina; a duplicação de mestrados (agora são nove) e a criação de quatro doutorados.
A Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação será exercida pela Profª Drª Valdenice José Raimundo, vinculada ao Programa de Pós-graduação em Ciências da Religião e à graduação em Serviço Social. Já a Pró-reitoria de Graduação e Extensão ficará a cargo do Prof. Dr. Degislando Nóbrega.
“Fiquei muito feliz e honrada com o convite. É um privilégio desafiador. Estamos iniciando um processo aberto para ouvir e construir um modelo que possa contribuir para a demanda da Universidade”, disse Valdenice, destacando o potencial de crescimento da Católica na Pesquisa e Pós-graduação. Ela será a gestora de uma área que reúne nove cursos de especialização, quatro MBAs, nove mestrados e quatro doutorados.
O desafio é uma etapa de uma carreira acadêmica e de uma história de vida marcadas pela superação, garra e determinação. Valdenice é filha de uma família humilde da cidade de Vitória de Santo Antão. “Eu sou a primeira pessoa da minha família a ter um diploma de nível superior”.
A trajetória acadêmica começou em 1988 quando ela saiu de Vitória e veio estudar no Seminário Batista do Recife para ser bacharela em Educação Religiosa. “Foi uma etapa importante na minha vida”. Outras etapas igualmente importantes vieram na Universidade Federal de Pernambuco, onde Valdenice fez a graduação, o mestrado e o doutorado em Serviço Social. Ao término do mestrado, foi convidada para fazer um curso de inglês e orientação cultural na cidade de Harpender, a 30 minutos de Londres – Inglaterra.
“Quando eu voltei, montei duas salas de aula para ensinar a língua inglesa para jovens pobres que estavam prestes a fazer vestibular e para quem desejava simplesmente aprender inglês”, conta Valdenice ao relembrar os espaços em Vitória de Santo Antão e em uma favela de Jaboatão dos Guararapes.
Foi na UFPE que Valdenice viveu um outro papel no âmbito acadêmico. Ela foi professora substituta durante dois anos. “Foi uma experiência muito boa”, relembra. Em 2012, ela foi contratada como docente da Universidade Católica de Pernambuco. “Eu já conhecia o ambiente da Unicap antes de ser efetivada no corpo docente por ter dado aula em dois cursos de especialização promovidos pela curso de Serviço Social”, disse Valdenice.
O talento e sua notoriedade na área de pesquisa contemplaram Valdenice com a liderança do grupo de estudos certificado pelo CNPq Gênero, Raça e Políticas Públicas. O reconhecimento a sua vocação comunitária se deu em 2016 quando ela foi convidada para assumir a coordenação do Espaço Criança Esperança em Jaboatão dos Guararapes. Na parceria com a Unesco, TV Globo e Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes, a Unicap atua na gestão pedagógica do projeto.
Valdenice conciliava todas essas atividades com a coordenação do Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígena da Unicap. O Neabi faz parte do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) da Unicap desde 2010 e tem entre seus objetivos articular o Ensino, Pesquisa e Extensão de maneira interdisciplinar. “Vamos dialogar com todos os cursos da Universidade para desenvolver atividades sobre a História da África e dos povos indígenas”, explicou na época em que assumiu, em abril do ano passado.
Ela faz questão também de enfatizar a relação afetuosa com a sua terra natal. “Tenho um carinho muito grande por minha cidade e uma sensação de pertencimento, já que meus pais, irmãos e sobrinhos vivem lá”. Um carinho retribuído pela cidade, que fez de Valdenice membro da Academia Vitoriense de Artes, Letras e Ciências e sócia do Instituto Histórico e Geográfico de Vitória de Santo Antão.
A trajetória de vida da nova Pró-reitora de Pesquisa e Pós-graduação ganhou reconhecimento nacional quando ela obteve menção honrosa no concurso de ensaios e redações Mulheres Negras Contam sua História, promovido em 2013 pela Secretaria de Políticas para as Mulheres e pela Secretaria de Promoção da Igualdade Racial, órgãos ligados à Presidência da República. A solenidade que marcou a entrega do título aconteceu em Brasília.
O trabalho, que teve como título Para além das expressões perversas do racismo: uma história de conquistas, narrou a trajetória de Valdenice. “Mostro as dificuldades da minha história em função da raça e como superar essas dificuldades e garantir conquistas. O resultado do que sou hoje é de uma história coletiva”.

FONTE: http://www.unicap.br/assecom1/professora-valdenice-jose-raimundo-assume-a-nova-pro-reitoria-de-pesquisa-e-pos-graduacao-da-unicap/

Nenhum comentário:

Postar um comentário